Fluoxetina: Para que serve? Emagrece? Bula e Preço

Este é um tipo de antidepressivo da classe dos inibidores seletivos da receptação da serotonina, esse medicamento foi descoberto em 1972 e começou a ser utilizado como medicamento em 1986.

A principal indicação do antidepressivo fluoxetina é para tratamentos de depressão leve ou ate mesmo grave.

Além disso, esse medicamento pode ser utilizado para o tratamento de transtornos alimentares, transtornos obsessivos ou compulsivos, ou ate mesmo ansiedade, ele é comercializado na forma de cloridrato de fluoxetina em formato de capsulas para serem consumidas via oral.

Esse medicamento como qualquer outro dessa categoria só pode ser adquirido através de receitas medicas em farmácias, ele pode ser encontrado na versão genérica ou original do produto, no entanto todos possuem o mesmo efeito.

Antidepressivo Fluoxetina

Como age a Fluoxetina no organismo?

O mecanismo de ação da fluoxetina é o mesmo de todos os antidepressivos inibidores seletivos da recaptação da serotonina. Vamos a uma rápida explicação.

A serotonina é um neurotransmissor, ou seja, é uma substância envolvida na comunicação entre os neurônios. A serotonina age sobre a regulação do humor, das emoções, do sono e do apetite.

Níveis reduzidos de serotonina no sistema nervoso central podem causar depressão do humor, alterações de comportamento, e ainda provocam distúrbios no sono e no apetite.

A quantidade de serotonina disponível para os neurônios depende do quanto é produzido e do quanto é removido no cérebro. Os inibidores seletivos da recaptação de serotonina agem diminuindo a taxa de remoção da serotonina da fenda sináptica, local onde este neurotransmissor exerce suas ações.

Deste modo, os ISRS fazem com que a serotonina permaneça disponível por mais tempo para os neurônios, levando a uma melhora do humor dos pacientes.

fluoxetina para que serve

Para que serve o Antidepressivo Fluoxetina?

Sendo um antidepressivo, é mais do que óbvio que a principal indicação da fluoxetina é para o tratamento da depressão. Contudo, esta não é única.

A fluoxetina também é eficaz no tratamento de outros distúrbios de origem psiquiátrica, como, por exemplo: transtorno obsessivo-compulsivo, bulimia nervosa, síndrome do pânico e estresse pós-traumático.

A fluoxetina também pode ser usada como tratamento auxiliar na fibromialgia e na tensão pré-menstrual.

Pacientes com alto risco de suicídio devem ser acompanhados de forma atenta por um especialista. Sendo um medicamento sem indicações para uso pediátrico, outras formas de tratamento devem ser encontradas ao invés do uso de fluoxetina.

O uso em pacientes com histórico de crises convulsivas deve ser cuidadosamente avaliado. Podem ocorrer em pacientes sensíveis a coceiras, urticária (com febre), leucocitose, artralgias, edema e até linfadenopatias.

Fluoxetina Bula

Veja a Bula do medicamento, assim você pode sanar todas as suas dúvidas => Bula Fluoxetina PDF.

Fluoxetina Emagrece?

Não é recomendado seu uso somente para reduzir o apetite, exceto em obesos com transtornos de ansiedade, alimentares ou do humor.

Um efeito colateral possível em pessoas saudáveis é o aumento do apetite e do peso e agravamento de problemas cardiovasculares, urológicos, neurológicos e respiratórios.

Entre 5 a 21% dos pacientes são metabolizadores lentos da fluoxetina e sofrem com efeitos colaterais mais sérios.

fluoxetina contraindicações

Contraindicações e precauções da fluoxetina

A principal contraindicação da fluoxetina é o seu uso em pacientes que estejam tomando, ou que tenham tomado nos últimos 14 dias, medicamentos que pertençam a classe dos inibidores da monoamina oxidase.

A fluoxetina deve ser utilizada com cuidado em pacientes com diabetes, pois há um maior risco de hipoglicemia, e em pacientes com doenças hepática.

A fluoxetina também deve ser evitada em pacientes em fase maníaca, pois pode agravar os sintomas.

A fluoxetina não costuma ser o melhor medicamento para os casos de doença bipolar (maníaco-depressivo). O consumo de álcool deve ser evitado, pois aumenta o risco de efeitos colaterais da fluoxetina.

Apesar de não ser totalmente contraindicada, a fluoxetina costuma ser evitada na gravidez, já que existem outros antidepressivos mais seguros, como a Sertralina.

O mesmo raciocínio vale para as mulheres que estão amamentando.

Fluoxetina Preço em Reais (R$)

Segundo pesquisa feita em Março de 2017, o valor do Cloridrato Fluoxetina com 30 cápsulas de 20mg é de R$ 24,00 a R$30,00. Caso procure o medicamento Daforin, o preço pode chegar ao dobro.